You are here

Mesa Redonda Virtual: Soluções para acabar com o casamento prematuro

Maputo, Moçambique — Dia 30 de Junho, 2020 foi lançado o relatório intitulado Estado da População Mundial 2020, pelo escritório global do UNFPA, a agência da saúde sexual e reprodutiva das Nações Unidas.

Em Moçambique, o UNFPA acompanhará o lançamento do relatório ‘Estado da População Mundial 2020’ com um debate virtual ao vivo em 15 de julho, fornecerá uma oportunidade para reunir representantes do Governo, sociedade civil, ativistas sociais e parceiros internacionais para discutir o casamento prematuro e outras práticas prejudiciais no contexto de Moçambique. A discussão oferecerá perspetivas diversas e complementares, abordando as normas sociais e culturais associadas ao casamento prematuro, o impacto do casamento prematuro na vida das raparigas, os custos para a comunidade em geral, e as intervenções legislativas e programáticas necessárias para eliminar essa prática, incluindo no contexto do Covid-19. Os principais objetivos do evento incluem:

  • Promover a consciencialização sobre a prevalência, impacto e desafios do casamento prematuro em Moçambique;
  • Ajudar ao Governo e os parceiros a identificar o melhor caminho a seguir para intervenções programáticas para capacitar raparigas e enfrentar as barreiras económicas, sociais e culturais que sustentam o casamento prematuro.

Para se inscrever no evento e obter o link do Zoom, acesse este link.

Data: quarta-feira, 15 de julho

Duração: 10:00 - 12:00 

Língua: Português

Comentários de: Sua Excelência Ministra do Género, Criança a Acção Social e Excelentíssima Representante Residente do UNFPA em Moçambique 

Grupo-alvo de participantes: especialistas na questão

Moderadora: Carmelinda Manhiça, STV

Panelistas: 

  • Graça Machel, Sua Excelência.
  • Lucia Pedro Mafuiane, Presidente da 3ª Comissão da Assembleia da República.
  • Gilberto Macuacua, Ativista social.
  • Marie Andersson de Frutos, Embaixadora da Suécia.
  • Representante da juventude.