You are here

“As mulheres de Beira estão lutando com toda a sua garra e precisam de ajuda”, diz Paulinia Chiziane.

No Dia da mulher Moçambicana, comemorado em 7 de abril, a escritora e ativista, Paulina Chiziane, lembra que as vítimas do ciclone Idai precisam de apoio.

UNFPA está trabalhando para atender as vítimas da tragédia com atividades de combate à violência de gênero, proteção de vítimas de abuso sexual, distribuição e kits de dignidade (com itens básicos e higiene para as mulheres), implementação de clínicas de atendimento às mulheres grávidas. Apenas em Moçambique, há mais de 67 mil mulheres grávidas em situação e extrema vulnerabilidade.

Junte-se aos nossos esforços para apoiá-las no rescaldo da tempestade: Doe aqui