Dividendo Demográfico: Investir no capital humano

Nº de páginas: 2

Data de publicação: 1 Agosto 2018

Autor: UNFPA Mozambique

A alta taxa de fecundidade tem causado um elevado crescimento populacional e uma população dependente comparativamente a população em idade activa. Esta população dependente cria desafios as famílias e ao Governo na provisão de serviços.

A melhor estratégia para atingir um desenvolvimento económico e sustentável passa por adotar políticas públicas de reforma económica e criação de empregos decentes, além de investimentos significativos no desenvolvimento de capital humano de qualidade e no fortalecimento da governação. Estas acções permitirão o País beneficiar do Dividendo demográfico até 2051.