Notícias

Prosperidade para mulheres empoderadas

17 Setembro 2019

Sandra Elsa Jaime tem 28 anos e tem 3 filhos que ela cuida sozinha.

Sandra morava na área mais baixa do rio Buzi e foi reassentada recentemente em Machiquile 1 em Guaraguara.

Sandra tenta evitar as lembranças do dia em que o ciclone Idai chegou ao país. Ela só fala livremente sobre o momento em que foi resgatada de barco.

A maior alegria de Sandra é a oportunidade que ela tem hoje de ensinar mais de 115 mulheres no local de reassentamento a fazer cestos e vassouras, e ela expressa abertamente o seu orgulho por nunca ter que comprar um cesto ou vassoura na sua vida.


Sandra lidera atividades de artesanato em um local de reassentamento
do Ciclone Idai ©UNFPA Moçambique/Alexandre Muianga

Sandra tornou-se activista pela primeira vez e vem realizando sessões sobre amamentação, violência baseada no género e higiene feminina. Às quartas e sextas-feiras, Sandra lidera as actividades artesanais, aproveitando todas as oportunidades para realizar uma sessão e tentar vender os produtos fabricados.


Sandra lidera atividades de artesanato em um local de reassentamento
do Ciclone Idai ©UNFPA Moçambique/Alexandre Muianga