News

Visitas de campo para observação do recenseamento

21 August 2017

As Equipas de Observação do Censo do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) foram enviadas para as províncias de Gaza, Sofala, Zambézia e Maputo Província durante o período de enumeração do Censo 2017 (1 a 15 de agosto de 2017) para avaliar e observar o nível de cometimento de todos os envolvidos, a disponibilidade de recursos e material, visibilidade e consciencialização do censo e de todos os desafios enfrentados no campo. As equipas visitaram os escritórios do recenseamento a nível provincial, distrital e do posto administrativo, os armazéns e recenseadores durante o trabalho nos seguintes locais: Chongoene e Chokwe (Gaza), Nicoadala e Namacurra (Zambezia), Nhamatanda (Sofala) e Moamba (Província de Maputo).

Uma delegação de alto nível visitou o distrito de Namaacha, na província de Maputo. Esta equipa incluiu o Alta Comissária do Reino Unido, o Alto Comissário da Índia, a Embaixadora da Noruega e a Representante Adjunta do UNFPA. A delegação ficou altamente impressionada com a motivação, o profissionalismo, a consciencialização e o nível de divulgação nas áreas remotas do distrito de Namaacha.

Após a chegada aos escritórios provinciais e distritais do Instituto Nacional de Estatística (INE), as equipas reuniram-se com delegados provinciais e administradores distritais e seus respectivos funcionários que usavam capulanas, camisetas e chapéus do Censo com orgulho. Cada equipa recebeu uma atualização sobre o progresso, e todas as províncias enfrentaram desafios semelhantes, como falta de materiais, atraso no recebimento de transporte, tablets e combustível e falta de recursos financeiros para comprar credito e pagamento de supervisores. Todos os Administradores e Delegados Provinciais sentiram-se orgulhosos, patriotas e optimistas em relação ao trabalho que estava sendo realizado.  Os funcionários do governo, ficaram felizes em apoiar o processo utilizando os seus veículos, computadores e outros materiais que faltavam, alguns até oferecendo o uso de seus laptops pessoais para garantir que o recenseamento não ficasse paralisado.