News

Esforços reforçados para melhorar a saúde de jovens moçambicanos

29 November 2019

Maputo, Novembro de 2019 – Realizou-se no passado dia 29 de Novembro de 2019 no Distrito de Chiúre, uma cerimônia para o lançamento do programa “Minha Escolha”, financiado pelo Governo do Reino dos Países Baixos em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), visando expandir e reforçar o apoio ao programa Nacional de Saúde Sexual e Reprodutiva, na componente dos direitos de saúde sexuais e reprodutivos dos adolescentes e jovens a ser implementado  na Província de Cabo Delgado. Um programa similar já está a ser implementado na Província de Tete desde 2017. 

A cerimônia, que decorreu na Escola Secundária de Chiúre, foi presidida pela Exma. Senhora Embaixadora do Reino dos Países Baixos em Moçambique, Henny de Vries, e pela esposa do Governador da província, Senhora Neide Parruque. Encontravam-se também presentes na cerimónia os representantes do UNFPA e da Organização Internacional para Migrações (OIM) pois na mesma ocasião também foi realizado o lançamento de um outro programa denominado “É Nosso Direito”.


S.E. Embaixadora Sra. Henny De Vries no lançamento do Programa Minha Escola ©UNFPA Moçambique/Karlina Salu

A Embaixadora destacou a importância de ambas as intervenções para aumentar os esforços de apoio à juventude de Moçambique, declarando que: “os direitos de saúde sexuais e reprodutivos com especial ênfase ao grupo dos jovens e adolescentes e população chave são áreas prioritárias para o Governo do Reino dos Países Baixos pois este é o grupo mais afectado com problemas de saúde nesta área.”

O programa “Minha Escolha” tem como objectivo contribuir para o alcance do acesso universal à saúde sexual e reprodutiva e para a realização dos direitos reprodutivos dos adolescentes e jovens em Moçambique, acelerando os esforços para eliminar a gravidez na adolescência e a gravidez indesejada entre as mulheres jovens.

“Minha Escolha”, na Província de Cabo Delgado, conta com um orçamento de USD 3,400.000, será implementado a nível provincial, com particular foco nos distritos de Balama, Chiúre, Montepuez e Namuno, através da DPS, AMODEFA, e a Wiwanana. 


Grupo de Acrobacias da Escola Secundária de Chiure  ©UNFPA Moçambique/Karlina Salu

“Sem a informação necessária e os meios para a sua protecção, os adolescentes e jovens estão em risco de comprometer o seu estado de saúde física e mental, especialmente a sua saúde reprodutiva,” Jenny Karlsen mencionou enquanto agradecia aos doadores, OIM e parceiros.

******

Mais Informacao:

Grupo Alvo do Programa “Minha Escolha”: 

Jovens, dos 10-24 anos, estima-se que na província a população nesta faixa etária é de 728.224 jovens.

Mulheres adultas e homens em idade reprodutiva (estima-se na província um total de 1,065.968 homens e mulheres).

Profissionais de saúde, professores e líderes tradicionais, comunitários e religiosos. 

 

Meta do programa “Minha Escolha” até 2021: 

50% de todas as unidades sanitárias da Província de Cabo Delgado se registo de roturas de stock de qualquer método contraceptivo (Actual-40%);

100% dos distritos alvo provendo serviços de serviços de saúde sexual e reprodutiva, incluindo planeamento familiar (SSR/PF) nos SAAJs de referência;

Todas as escolas secundárias e 10% das escolas primárias do II grau, dos distritos alvo provendo serviços de SSR/PF;

Todas as comunidades com acesso limitado às USs receberão informação e serviços de SSR/PF.

 

O programa conta com os seguintes parceiros de implementação: 

Ministerio de Saude, DPS – Cabo Delgado, AMODEFA, Wiwanana

Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano a nível central e através de estruturas descentralizadas em Tete e distritos alvo.

Outros parceiros do governo do Programa Geração Biz a todos os níveis (Ministério da Juventude e Desportos e Ministério do Género, Criança e Acção Social)

Organizações da Sociedade civil, Sociedade civil, Organizações juvenis.